How to install OpenOffice on OpenSolaris

Hello,

After we have installed the OpenSolaris Operating System, now we will install the OpenOffice…

The easier way to do this, i think… 😀

So, lets go!!!

You can download the OpenOffice clicking HERE!!!!

After you downloaded the OpenOffice, the instalation package you can open it or put in some directory in your pc …

In this tutorial that i made, i copy from cd to desktop…

I ‘ve copied to desktop and after to /export/home/renato/download… this was my preference..

You put the file where you wants…. anyway will install it… After copied you can open it the file.tar.gz and copy the directory which is inside that .tar.gz and paste where you wants.. thats directory which contains the source… you, basicly, are unzinping the file.tar.gz and taking hte directory…

Now, you can open the Terminal, wrtite su, write your root password and star to install.

Now look what i did…I entered in the directory which the is the file…
cd local of package
and now i wrote :
pkgadd -d. (dont forget the dot)

now, you will see the packages and after the question if you wants all packages..
I said “all”, to install all packages of OpenOffice ….

After this it will question you about the instalation and you say “yes” to all….
Ready.. the OpenOffice was installed….

P.S. If you download it by manager packages, it does all of it only using clicking!!
In the list of packges you search for openoffice and click to download. Automatically it is been installed…
No complications!!

Advertisements

Vendo Notebook

É …. vou sentir saudades do meu companheiro, mas chegou a hora que preciso vende-lo…

É um DELL INSPIRON 1525.

Processador Core 2 duo T6600 2.Ghz.

3gb de ram. HD de 160 gb.

Bateria de 9 células(apox 4 horas).

Acompanha carregador, todos os cds de programas, drivers e inclusive windows Vista original.

Monitor 15.4.

MOdem.

Rede com fio.

rede sem fio placa Wireless DELL WRLS 1505 WIRELESS-N MINI-CARD.

Fones de ouvido.

Webcam 1.3 px.

Se lhe interessar pode entrar em contato comigo por aqui : renatoppuccini[at]gmail[dot]com

U.S. here we Go!!!

Na semana passada, terça- feira, saiu o resultado do programa Fulbright que oferece 50 bolsas de estudos no período de um ano para estudantes de faculdades de tecnologia. Then, here we go!!!

Em julho, mais precisamente 28, estou indo para os EUA. A terra das maiores empresas de tecnologia (Google, IBM, Apple, Intel, Sun, Oracle, etc)!!!

Depois de muito tempo de espera do resultado, ele veio, dia 11 de maio de 2010!!

Tudo começou ano passado quando fiquei sabendo do programa por um amigo da faculdade que foi contemplado com a bolsa…

Procurei saber sobre o programa oferecido pela Fulbright. ” …Trata-se de uma iniciativa inédita do governo daquele país, com o objetivo de fortalecer a formação de tecnólogos em Community Colleges, instituições norte-americanas de ensino superior focada na prática profissional….” .

Para efetuar a inscrição tive que fazer o TELP (Test of English Language Proficiency)  …. Consegui nota maior que a mínima e fiz a inscrição(toda em inglês com 4 redações ). Depois fui selecionado para a entrevista, com 2 brasileiros e 1 americano. Fiquei muito nervoso, pois nunca tinha feito nenhum curso da língua inglesa. Um tempo depois saiu o resultado e fui fazer o TOEFL.

Essa prova, já mais difícil, pois teve reading, listening, speaking e writting.

Depois disso mandei o meu histórico da faculdade para a FulBright, eles traduziram pro Inglês e mandaram para vários Community College ‘s nos EUA, que é equivalente a uma faculdade de tecnologia aqui no Brasil. Depois disso o College, analisa seu histórico e te escolhe… Vou para Heartland Community College, Normal, IL

Aí será onde vou morar por um ano… Um sonho desde criança se realizando !!!!!! Coração a mill!!

Obrigado Fulbright !!!

Obrigado também a minha família e amigos que sempre estiveram comigo!

E a DEUS e a fé que tenho !!!

Triboot – Ubuntu, OpenSolaris e Windows

Aproveitei esse post do meu blog antigo e o trouxe pra cá para mostrar como se faz um triboot com ubuntu, opensolaris e windows na maquina.

O windows já veio quando comprei o note, logo instalei o OpenSolaris, que automaticamente já faz o Dual-Boot pra você, como o Ubuntu faz quando se tem o windows já instalado.

Um problema que sempre temos é, quanto ubuntu ou solaris já estão instalados e queremos instalar um dos dois. O que ocorre é que o Grub de um substitui o Grub do outro (isso já deveria ter sido solucionado, mããs).
No link abaixo você encontra um minibook do OpenSolaris explicando como fazer o Tri-boot no pc…
MiniBook

Como eu já tinha o OpenSolaris instalado e depois instalei o ubuntu, fica mais fácil editar o GRUB do ubuntu.
O Ubuntu que instalei aqui é o 9.10.

Quando você vai instalar o ubuntu, ele lhe mostra (na parte de partições) quais sistemas operacionais estão no seu pc e em quais partições estão.
ex: (hd0,1)
(hd0,2)
(hd0,3)
O “hd0” indica o número da sua HD. Se você só tem uma HD então é hd0, se tiver 2 ou 3. Segunda HD é hd1 , terceira hd é hd2 e assim por diante.
E o número depois da virgula mostra a particao que o sistema está, no caso do meu exemplo a hd0 tem 3 partições…

Por ter instalado o Ubuntu por ultimo, vamos ao Grub dele localizado em /boot/grub/grub.cfg .
Nessa versão do ubuntu o arquivo do Grub está diferente, em outras versões era menu.lst, no próprio minibook do OpenSolaris acima, você obtém essa informação.

Você irá encontrar algo, mais ou menos assim:

menuentry “Ubuntu, Linux 2.6.31-14-generic” {
recordfail=1
if [ -n ${have_grubenv} ]; then save_env recordfail; fi
set quiet=1
insmod ext2
set root=(hd0,4)
search –no-floppy –fs-uuid –set aedd5635-eefd-4470-8733-5697fb9c1227
linux /boot/vmlinuz-2.6.31-14-generic root=UUID=aedd5635-eefd-4470-8733-5697fb9c1227 ro quiet splash
initrd /boot/initrd.img-2.6.31-14-generic
}
menuentry “Ubuntu, Linux 2.6.31-14-generic (recovery mode)” {
recordfail=1
if [ -n ${have_grubenv} ]; then save_env recordfail; fi
insmod ext2
set root=(hd0,4)
search –no-floppy –fs-uuid –set aedd5635-eefd-4470-8733-5697fb9c1227
linux /boot/vmlinuz-2.6.31-14-generic root=UUID=aedd5635-eefd-4470-8733-5697fb9c1227 ro single
initrd /boot/initrd.img-2.6.31-14-generic
}
### END /etc/grub.d/10_linux ###

### BEGIN /etc/grub.d/20_memtest86+ ###
menuentry “Memory test (memtest86+)” {
linux16 /boot/memtest86+.bin
}
menuentry “Memory test (memtest86+, serial console 115200)” {
linux16 /boot/memtest86+.bin console=ttyS0,115200n8
}
### END /etc/grub.d/20_memtest86+ ###

### BEGIN /etc/grub.d/30_os-prober ###
menuentry “Microsoft Windows XP Professional (on /dev/sda1)” {
insmod ntfs
set root=(hd0,1)
search –no-floppy –fs-uuid –set a848d7b248d77d8e
drivemap -s (hd0) ${root}
chainloader +1
}

nas linhas acima, mostra a entrada do ubuntu 9.10, e do windows, ou seja, ele não viu que o OpenSolaris estava instalado lá, então vamos adicionar o OpenSolaris depois do Windows ali, ….

menuentry “OpenSolaris 2009.06″{
set root=(hd0,2)
chainloader +1
}
No meu caso, o OpenSolaris está na segunda partição, tomem cuidado com isso, sabia bem onde está seu OpenSolaris, para adicionar certo no GRUb…
Lembrando que para editar esse arquivo no ubuntu você terá que ser super usuário…
Depois disso, só fechar e salvar seu Grub e reiniciar o pc, e pronto, triboot feito….

Estréia

Depois de muito tempo postando no Blog da Sun -> http://blogs.sun.com/renato/

Começo aqui no wordpress, mas continuando com tecnologia, sistemas livres, curiosidades sobre tecnologia e algumsa experiências na área de TI.

Tive algumas expressões com a Linguagem Ruby.

Quando estava fazendo um trabalho na faculdade comecei a descobrir como é fácil programar em Ruby. Já tinha ouvido falar dessa linguagem, mas não tive a oportunidade de usá-la, pois os estudos de Java estavam intensos.

Dei uma Googada e achei alguns artigos e tutoriais sobre Ruby. Pode-se dizer que essa Linguagem tem nível mais alto do que Java, pois tudo é tratado como objeto (me lembrou muito smalltalk). Na verdade o criador dessa Linguagem o Japonês Yukihiro Matsumoto (Matz) queria uma linguagem como Perl Python ou Smalltalk, dinâmica, forte, interpretada, orientada a objeto e criou Ruby colhendo as melhores idéias/pontos positivos dessas linguagens.

E sinceramente, quando ouvi falar que “uma linha de Ruby equivale a 10 de Java” não acreditei muito não, porém na prática vi acontecer.

Abaixo só uma demonstração de um código em Ruby de uma simples Classe.

# A classe HelloWorld
class HelloWorld
def initialize(name)
@name = name.capitalize
end
def sauda
puts “Olá #{@name}!”
end
end
# Criar um novo objecto
ola = HelloWorld.new(“mundo”)
# Saída: “Olá Mundo!”
ola.sauda

Pra quem programa em Java, se observarmos vemos que a parte de orientação a objeto é bem parecida, só que ruby trata tudo como um objeto, enquanto Java tem suas particularidades, número é número, letra character. Em Ruby tudo isso é objeto.

Ainda postarei mais sobre Ruby…

Espero que tenham gostado.